Por outro lado, especialistas afirmam que a principal debilidade do Protocolo de Kyoto foi que nações em desenvolvimento não se comprometeram com metas climáticas. Economias de países como China, Índia e Indonésia cresceram rapidamente nos anos seguintes – assim como suas emissões de gases de efeito estufa.Os países que assinaram o Protocolo de Kyoto se comprometeram a diminuir o lançamento de gases causadores do efeito estufa em 5,2%, em comparação com os números registrados em 1990.

Seu principal objetivo era a redução da emissão dos gases do efeito estufa, principalmente por parte dos países desenvolvidos. No entanto, há muita polêmica em torno desse tratado, principalmente em relação ao fato de um dos maiores poluidores do mundo – os Estados Unidos – não ter assinado o acordo.

A poluição, que anda lado a lado com o desenvolvimento industrial e tecnológico da humanidade, é responsável pela emissão dos gases poluentes do efeito estufa. E, claro, ao desmatamento desenfreado, que faz com que todos os gases do efeito estufa que se encontravam retidos na floresta escoem para a atmosfera.

Qual país rejeitou o Protocolo de Kyoto

Estados Unidos
Ao ser adotado, o Protocolo de Kyoto foi assinado por 84 países. Os Estados Unidos, um dos países que mais emitem gases poluentes no mundo, abandonaram o Protocolo em 2001 com a justificativa de que cumprir as metas estabelecidas comprometeria seu desenvolvimento econômico.Vantagens do Protocolo de Quioto

  • Reduções significativas nas emissões de gases.
  • Redução da temperatura global.
  • Investimento em energias renováveis.
  • Reforma dos setores de energia e transportes.
  • Proteção de florestas e outros sumidouros de carbono.
  Quanto produz 1 kg de milho plantado? Verifique isto - Qual o rendimento do plantio de milho

Os signatários do pacto se comprometeram com metas climáticas nacionais e de redução de CO2 que eles mesmos elaboraram. Até agora, no entanto, quase nenhum país tem cumprido suas metas. As emissões globais de gases de efeito estufa aumentaram 41% desde 1990 e continuam a aumentar.

Ao ser adotado, o Protocolo de Kyoto foi assinado por 84 países. Os Estados Unidos, um dos países que mais emitem gases poluentes no mundo, abandonaram o Protocolo em 2001 com a justificativa de que cumprir as metas estabelecidas comprometeria seu desenvolvimento econômico.

  Como jogar jogos offline no Google? Verifique isto - Como jogar jogos offline do Google

Qual foi o país que não assinou o Protocolo de Kyoto

Os Estados Unidos, maior emissor de dióxido de carbono do mundo (36,1%), assinou mas não ratificou o Protocolo de Kyoto, alegando que a implantação das metas e diretrizes propostas pelo acordo prejudicariam a economia do país.Brasil: é totalmente a favor do protocolo e não aprova a displicência dos Estados Unidos em relação a essa questão.Países que assinaram e não ratificaram o Protocolo: Estados Unidos, Croácia, Cazaquistão, etc. Países que não assinaram e não ratificaram o Protocolo: Vaticano, Andorra, Afeganistão, Taiwan, Timor-Leste, etc. Países que não assumiram nenhuma posição no Protocolo: Mauritânia, Somália, etc.

Meio Ambiente – Enfraquecido, Protocolo de Kyoto é estendido até 2020. A 18ª. Conferência das Partes (COP 18) na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima terminou na última sexta-feira (dia 7) com a decisão de prorrogar a validade do Protocolo de Kyoto até 2020.

  Quem pode matar o Flash? Verifique isto - Quem matou o Flash

A China aparece em segundo lugar, como responsável por 11% do CO2 global. A Rússia vem em seguida, com 7% das emissões. O Brasil, segundo o estudo, é responsável por 5% do total de emissões nos últimos 171 anos e a Indonésia, por 4%.

Suíça
As universidades norte-americanas de Columbia e Yale realizaram uma pesquisa para identificar os países mais limpos do mundo. A Suíça encabeça a lista mundial, seguida por Suécia e Noruega. Na América latina, a Costa Rica lidera o ranking.

Qual é a cidade mais tóxica do mundo

A cidade mais poluída do mundo, segundo levantamento realizado pela empresa suíça de qualidade do ar IQAir, é Ghaziabad, ao norte da Índia, perto de Nova Déli. O país, aliás, tem 26 cidades entre as 50 mais tóxicas do mundo.povo japonês
Além dos milhares de luminosos, dos prédios modernos e altíssimos e dos templos milenares, existe algo a mais no Japão que vale a pena ser experienciado: o povo japonês, o mais educado do mundo.Apesar de ser considerada uma cidade muito mais limpa do que seu histórico, Cubatão ainda aparece no topo da lista de cidades poluídas, com 48 microgramas de poluentes por metro cúbico.